Portal Barão Geraldo

Siga-nos no Twitter

Efetuar login | Cadastre-se, é grátis!

/ Notícias

19.04.2017

Palestra Musical Negros e Alvos na Casa do Lago - Unicamp

A palestra se vale da música como forma de engajamento torna essa experiência mais divertida além de ampliar o entendimento de questões delicadas. Trata da questão do preconceito, racismo e a condição negra no Brasil, com ênfase no estigma racial.


05/05/2017 – 21h – (após exibição do filme “Quanto vale ou é por quilo?” )


Casa do Lago


Rua Érico Veríssimo, 1011 - Cidade Universitária Zeferino Vaz - Unicamp Barão Geraldo – Campinas
 
Entrada gratuita

Link do evento no Facebook: http://migre.me/wsD3p
 


Monahyr Campos


“A arte existe porque a vida não basta”. A frase citada pelo poeta Ferreira Gullar expõe uma tradição que vê a arte como necessária ao ser humano. A arte como a expansão das potencialidades humanas.


Os projetos artísticos desenvolvidos por Monahyr Campos valem-se da manifestação artística como propulsoras da transformação, da reflexão, percorrendo um espectro temático bem amplo: o amor, a ambição, as relações humanas,o fazer poético, o combate a preconceitos diversos, enfim, o cotidiano da vida nas periferias, nas margens da sociedade estão sempre presentificados em sua obra.


A expressão artística possibilita a experiência única de empatia e transcendência: nos coloca no lugar do outro, deslocando-nos de qualquer zona de conforto. A arte se faz veículo de expressão da alma, área de confluência do real e do imaginário.


A questão do negro do Brasil


O mês de maio marca a data oficial da lei que aboliu oficialmente a escravidão no Brasil, a Lei Áurea.
O fato em si não é celebrado pela comunidade negra por não ter criado  condições para que a população negra pudesse ter um tipo de inserção digna na sociedade.  Proporcionou campo fértil para o desenvolvimento do preconceito e racismo.


A data serve como ponto de partida para fomentar discussões  sobre a questão do negro no Brasil


Este é o tema do projeto Negros e Alvos de Monahyr Campos. Espetáculo musical no qual as sonoridades da herança africana mesclam-se às novas experiências da MPB e Rap/Música eletrônica, visando a valorização da cultura afro brasileira e o combate ao preconceito e racismo.

/ Comentários

Não há comentários para esta notícia. Seja o primeiro a comentar!

Envie seu comentário!

Para comentar esta notícia, você deve estar logado.

Caso já seja cadastrado, efetue seu login nos campos ao lado, ou clique no botão abaixo para se cadastrar!

Clique aqui para se cadastrar

Informe seu e-mail e senha nos campos abaixo para efetuar o login.

Esqueceu a senha? Clique aqui!

Portal Barão Geraldo
O Portal Barão Geraldo não se responsabiliza por qualquer dano e/ou prejuízo que o usuário possa sofrer ao realizar uma transação com os anunciantes.
(área do anunciante)