Portal Barão Geraldo

Siga-nos no Twitter

Efetuar login | Cadastre-se, é grátis!

/ Notícias

27.01.2016

Prática esportiva é alavanca para aprendizagem e rendimento escolar

O ato de brincar, por décadas, foi tratado de forma separada do processo de aprendizagem escolar. Porém, após alterações sociais e transformações de geração em geração, o formato lúdico e a prática esportiva têm tomado cada vez mais espaço nas escolas.
 
Segundo Adilson Madeira, professor de Educação Física e coordenador do Programa de Atividades Extracurriculares do Objetivo Barão Geraldo, a prática esportiva, por exemplo, contribui para o desenvolvimento das crianças, possibilitando uma formação embasada na construção das relações pessoais e sociais, o conhecimento gradativo às diferentes regras e a vivência do trabalho em grupo.  "No âmbito escolar, as atividades lúdicas e a competição devem ser estimuladas com valores como: cooperação, empatia, sociabilização, organização, zelo, fé e comprometimento, entre outros, que serão fundamentais para a formação pessoal e social da criança. Aqui na escola oferecemos mais de 20 opções de atividades extracurriculares para nossos alunos", destaca.
 
/assets/images/uploads/galeria/170-criancas.jpgPara Maibí Mascarenhas, professora do IBFE (Instituto Brasileiro de Formação de Educadores) e especialista em docência e gestão educacional, se a escola utiliza regularmente, em sua programação, brincadeiras e jogos direcionados para cada faixa etária, estará estimulando diversos fatores no desenvolvimento infantil de maneira rica e prazerosa. "Crianças que realizam atividades práticas durante o processo de aprendizagem aprendem 30% a mais do que a média, segundo pesquisas recentes, sobretudo se as atividades possibilitam a interação e a diversão. A aquisição do conhecimento, quando utilizados diversos sentidos e recursos - dentre eles falar, ouvir, ver e interagir - atinge níveis de 70% de aproveitamento", comenta.
 
Acompanhe as atividades recomendadas para cada faixa etária, de acordo com o professor Adilson Madeira:
 
0 a 6 anos: os movimentos passam por fases reflexivas até chegar aos movimentos mais truncados. Nesse período do desenvolvimento, as crianças precisam ser estimuladas com a utilização de elementos (objetos de construção) de tamanhos variados, cores distintas, músicas, cânticos, espaços alternativos e o fascínio com o encantamento do mundo imaginário da fantasia. Aproveitando sempre a capacidade de estimular a criatividade da criança com novos jogos e brincadeiras distintas;
 
7 a 10 anos: Passam a compreender o repertório das atividades vivenciadas. Nesse período, o jogo pode se transformar em um elemento possível, aproveitando a manifestação das diferentes áreas culturais, entre elas o folclore (o jogo com seu grau de complexidade); pré-desportivos (o jogo de poucas regras); a dança, como forma de prosseguir estimulando o desenvolvimento das capacidades e habilidades psicomotoras;
 
A partir dos 11 anos: A partir desse momento, o esporte e as diferentes práticas tornam-se uma ótima estratégia de conteúdo a serem empregados, respeitando sempre a fase e as diferentes necessidades didáticas pedagógicas.

Fonte: http://www.plaga.com.br/

/ Comentários

Não há comentários para esta notícia. Seja o primeiro a comentar!

Envie seu comentário!

Para comentar esta notícia, você deve estar logado.

Caso já seja cadastrado, efetue seu login nos campos ao lado, ou clique no botão abaixo para se cadastrar!

Clique aqui para se cadastrar

Informe seu e-mail e senha nos campos abaixo para efetuar o login.

Esqueceu a senha? Clique aqui!

Portal Barão Geraldo
O Portal Barão Geraldo não se responsabiliza por qualquer dano e/ou prejuízo que o usuário possa sofrer ao realizar uma transação com os anunciantes.
(área do anunciante)